Type

Database

Creator

Date

Thumbnail

Search results

32 records were found.

Como na noite em que Walter Dias visitou a filha de novo os seus passos se detêm no patamar descalça-se rente à parede com a agilidade duma sombra prepara-se para subir a escada e eu não posso dissuadi-lo nem detê-lo pela simples razão de que desejo que atinja rapidamente o último degrau abra a porta sem bater e entre pelo limiar apertado sem dizer uma palavra. E foi assim que aconteceu. Ainda o tempo de reconstruir esses gestos não tinha decorrido e já ele se encontrava a meio do soalho segurando os sapatos com uma das mãos..
No momento em que Portugal abandonava as últimas ilusões épicas e o mundo nos descobria como paraíso turístico Lídia Jorge cronista minuciosa e irónica da metamorfose do nosso secular Cais das Merendas em vitrina cosmopolita inventou-nos uma singular epopeia..
Em Praça de Londres reúnem-se 5 contos de Lídia Jorge. Além do conto que dá o título à recolha dela ainda fazem parte Rue du Rhône Branca de Neve e Viagem para Dois narrativas já antes publicadas. O último conto Perfume é um inédito que a autora dedica ao realizador turco Yilmaz Güney autor do filme Yol. Trata-se de uma espécie de réplica à história de amor que esse filme narra transplantada para uma outra geografia humana. Praça de Londres tem como subtítulo Cinco Contos Situados por se tratar de narrativas inscritas em espaços urbanos reconhecíveis e por invocar instantes de vida marcantes colhidos do quotidiano normal. De um modo geral o tom destas cinco narrativas oscila entre o intimista e o irónico. A questão da inocência e da perda é um dos temas que lhes dá unidade..
Combateremos a Sombra conta a história dum psicanalista que numa noite de Inverno é visitado por um antigo paciente que lhe traz uma mensagem cujo sentido Osvaldo Campos nunca conseguirá decifrar. À sua volta a realidade começa a entrançar-se e a desentrançar-se à semelhança das narrativas que lhe são narradas no silêncio do seu gabinete. Nessa mesma noite ele perde uma mulher e ganha outra e Maria London aquela a quem chama a sua paciente magnífica prepara-se para revelar um segredo que o vai colocar diante duma realidade clandestina de dimensões incalculáveis. E ele é apenas um psicanalista ou como se intitula a si mesmo tão-só um decifrador de histórias..
Romance de um império de ocupação de costa nada é atenuado ou escamoteado neste livro. Enredo e personagens arrastam consigo o significado caótico de um universo desregulado onde o risco permanente torna os protagonistas dependentes em extremo de fortuitas coincidências..
A infância tem sido para inúmeros escritores uma espécie de arca doirada da qual retiram muita da inspiração que alimenta as suas obras. A Instrumentalina é um desses casos de maravilhada referência às emoções dos anos de juventude. Trata-se de uma narrativa particularmente depurada escrita de um único fôlego e onde de forma comovedora se patenteiam a ternura e a inocência de uma primeira paixão..
Romance de um império de ocupação de costa nada é atenuado ou escamoteado neste livro. Enredo e personagens arrastam consigo o significado caótico de um universo desregulado onde o risco permanente torna os protagonistas dependentes em extremo de fortuitas coincidências..
No momento em que Portugal abandonava as últimas ilusões épicas e o mundo nos descobria como paraíso turístico Lídia Jorge cronista minuciosa e irónica da metamorfose do nosso secular Cais das Merendas em vitrina cosmopolita inventou-nos uma singular epopeia..
Mas há noites em que o marido não chega às sete nem às oito nem às nove. E se não chegar às dez ela sabe que não chegará senão de madrugada. É por isso que a hora crucial da vida da porteira acontece entre as cinco e as sete. É dentro desses minutos decisivos da tarde que se dita o dia e a noite da porteira. A porteira aos cinco para as cinco acende a vela põe as mãos pedindo que ele chegue antes do jantar. Uma maçada se ele só vier de madrugada. Já ela o ouve tocar depois de subir abrir a porta do elevador com dificuldade sair de lá lentamente com o pé rígido e depois a chave começa a cair junto da porta sente levantá-la do chão deve estar a revolver a chave até que por fim ele a enfia a roda a desprende a saca fica dentro de casa e a casa se enche do seu hálito até às bacias e às janelas. Tropeça no sofá da saleta e chama - Lúcia! Ó ...
LibrariesLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.
Documentation centerLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.
MuseumsLorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Proin sagittis metus metus. Integer in dui ligula. Proin non felis sapien. Nullam egestas arcu vel interdum accumsan. Interdum et malesuada fames ac ante ipsum primis in faucibus. Fusce odio odio, dignissim vitae arcu quis, molestie vehicula sapien. Aenean semper odio auctor odio scelerisque tincidunt ut sit amet ligula. Proin hendrerit scelerisque iaculis. Donec gravida est ut nisi commodo varius.